Menu Ouça ao vivo

Fechar

  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Palmitinho decreta situação de emergência devido a estiagem

    Suinocultura e avicultura são as áreas mais afetadas pela seca

    Palmitinho passa a partir desta sexta-feira, dia 14, a engrossar a lista de municípios do Rio Grande do Sul que estão em situação de emergência devido a estiagem. O decreto deverá ser assinado até o final da tarde pelo prefeito Caetano Albarello (PDT).

    Segundo Albarello, a estiagem vem se prolongando no município desde o final do ano passado e a prefeitura intensificou nos últimos quinze dias a distribuição de água em várias propriedades rurais.

    A água está sendo utilizada principalmente para abastecer pocilgas e aviários, evitando assim a morte de centenas de animais. O prefeito lembra que a suinocultura é hoje a principal fonte de retorno de ICMS de Palmitinho, mas os prejuízos vão além, sendo também registradas perdas nas lavouras de milho e na bovinocultura de leite.

    Conforme Albarello, as comunidades mais afetadas são Cordilnheira do Guarita, linha Bom Fim, Caldeirão e quilômetro 19. Um levantamento detalhado dos prejuízos está sendo elaborado pelas equipes da Secretaria de Agricultura e Defesa Civil Municipal. O decreto deverá ser encaminhado para a homologação e reconhecimento do Estado e da União. Com Palmitinho, agora já são 106 municípios no Rio Grande do Sul que decretaram situação de emergêncis devido a falta de chuva. 

    Douglas Biguelini - Jornalismo Grupo Chiru