Menu Ouça ao vivo

Fechar

  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Famurs solicita ao governador medidas mais firmes no combate ao coronavírus

    Neste sábado, 21 de março, a Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) enviou ao governador Eduardo Leite, uma carta solicitando medidas “urgentes e drásticas por parte do Governo do Estado do Rio Grande do Sul” para combater a propagação do coronavírus – Covid-19.

    O documento aponta que “os números atuais anunciam uma tragédia econômica e social” e é necessário tomar medidas urgentes e profundas para minimizar os danos econômicos e sociais que estão anunciados.

    CONFIRA AS EXIGÊNCIAS DA FAMURS

    • A utilização de hospitais e laboratórios das universidades públicas e privadas, a ampliação dos laboratórios estatais, e utilização dos laboratórios privados para realização de exames e atendimento do público.

    • Decretação de isolamento social total, com o fechamento de todos os comércios e indústrias que não sejam essenciais (considerando-se essenciais apenas as atividades relativas à alimentação e saúde).

    • Abertura de linhas de crédito, a fundo perdido, para equipação das unidades de saúde e contratação de profissionais da saúde, especialmente para atuação em CTIs e UTIs.

    • Exigência junto ao governo federal de liberação da contratação de médicos estrangeiros, sem qualquer requisito formal ou técnico.

    • Utilização dos recursos do fundo eleitoral para as demandas da saúde.

    Em entrevista à jornalista do Grupo Chiru, Heloise Santi, o vice-presidente da Famurs, prefeito de Taquari, Emanuel Hassen de Jesus – o Maneco Hassen – explicou os principais pontos do documento. Ouça:

    Priscila Nhoatto